Linha 4

Publicidade

DNIT afirma que não há prazo para retomada da obra da BR-163 e autoridades cobram providências

Redação Tarobá News

A conclusão da obra de duplicação da BR-163 virou bandeira. As regiões oeste e sudoeste estão unidas pela causa, convictas de que pela metade não pode ficar. São 74 quilômetros entre Cascavel e Marmelândia.

Começou em 2014.Eem 2017 deveria ter sido concluída. O tempo passou e a obra parou. Em março o Dnit por meio de nota informou que "as obras tinham previsão de reinício em maio, para execução dos recursos disponíveis". A nota dizia também que "o cronograma atualizado prevê entrega de novos segmentos até dezembro de 2022, desde que sejam disponibilizados recursos financeiros suficientes pelo Governo Federal".

Eis que maio chegou e encaminhamos mais um pedido de informações ao órgão, sobre a data prevista para a retomada. a resposta foi curta.

"Ainda não temos esta definição. tão logo seja possível, será informado"

Paralelamente, outra questão envolve o trecho. de acordo com o novo modelo de concessão das rodovias do paraná, uma praça de pedágio será implantada na 163.

São 74 quilômetros que conectam importantes regiões. A tão sonhada duplicação precisa virar realidade.

Já em relação ao trecho da duplicação da BR-163, entre Toledo e Marechal Cândido Rondon, o Dnit informou que a obra segue em execução e não houve paralisação dos serviços. O percentual concluído é de 82,36%. o contrato já foi prorrogado em quatro oportunidades e deverá ser prorrogado novamente.

Confira mais detalhes na reportagem de Fernanda Toigo, exibida no Jornal Tarobá 1ª Edição.

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade

Nós usamos cookies teste site para lhe proporcionar a melhor experiência possível lembrando de preferências em visitas anteriores. Clicando em "Aceitar" você aceita o uso de cookies e nossos Termos de Uso.